CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA DE ENSINO E APRENDIZAGEM



    No dia 22 de outubro de 2014 as bolsistas do Subprojeto Mão Amiga CAPES/PIBID que atendem os educandos da escola parceira Vitória Fernandes, aplicaram a atividade usando como recurso didático a história infantil “OS TRÊS PORQUINHOS”. Abriu-se espaço aos alunos para que compartilhassem as versões que cada um tem sobre a referida história. Após as colocações os alunos confeccionaram fantoches para que pudessem estar representando a história.
   Carvalho (1989, p.21) pontua:

A criança é criativa e precisa de matéria-prima sadia, e com beleza, para organizar seu “mundo mágico”, seu universo possível, onde ela é dona absoluta: constrói e destrói. Constrói e cria, realizando tudo o que ela deseja. A imaginação bem motivada é uma forma de conquista de liberdade, que produzira bons frutos, como a terra agreste, que se aduba e enriquece, produz frutos sazonados.

   Buscamos despertar através da contação de histórias o interesse dos alunos pela leitura e o cultivo desse hábito. Dessa forma incentivamos os educandos a praticar a produção de textos, apresentando aos mesmos diferentes formas de linguagens, aguçando a criatividade e a imaginação através da aprendizagem lúdica.

Texto escrito pela bolsista Dulcimara Tomki



0

Projeto Mão Amiga marca presença no II Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNESPAR, Campus de União da Vitória: exposição e comunicações orais


   O II Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNESPAR, Campus de União da Vitória reservou um espaço na programação do evento para exteriorizar aos congressistas participantes a expressiva existência, no corpo vivencial da universidade, do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Para tanto, nos dias 28 e 29 de outubro de 2014, nos turnos vespertino e noturno, o congresso ofertou, em salas específicas e subdivididas por projetos de diversos cursos, dentre eles o de Pedagogia, uma mostra das atividades que o PIBID leva às escolas parceiras. 
   Seguindo essa dinâmica, os visitantes puderam não só ver e manusear os materiais expostos, mas também dialogar com os pibidianos (acadêmicos, supervisores e coordenadores de área) que se colocaram à disposição para sanarem as dúvidas pertinentes à operacionalização de seus projetos.
   Como já é tradição, o Projeto Mão Amiga participou ativamente, vestindo o uniforme que lhe identifica em todos os eventos: camiseta roxa e calça preta. 
   Além da exposição, os licenciandos mão amiguenses também fizeram-se presentes no segmento da comunicação oral, onde mais uma vez as vivências pibidianas foram apresentadas, discutidas e analisadas pelo público.

Texto escrito por Simone Luiza Kovalczuk






0

Projeto Mão Amiga marca importante presença no II Concurso Municipal de Projetos de Paulo Frontin


  Pela segunda vez consecutiva o curso de Pedagogia, com ênfase ao Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID, foi agraciado com o convite para avaliar os projetos pedagógicos de professores do município de Paulo Frontin. Diante disso, a equipe cujo enfoque é a gestão, que atua em União da Vitória, na Escola Municipal Guia Lopes, foi a responsável pela avaliação de vinte projetos, previamente enviados pela Secretaria de Educação de Paulo Frontin. De um modo geral, esses projetos redigidos pelos educadores frontinenses sintetizam/evidenciam uma determinada ação docente empreendida ao longo do ano letivo, seja na Educação Infantil ou nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e que teve um impacto expressivo.
   Diante da missão de avaliar ética e criticamente os projetos submetidos, a equipe de gestão reuniu-se e cada membro realizou, individual e silenciosamente, uma leitura de cada projeto, emitindo uma nota ao final da avaliação. Terminada essa triagem inicial, os membros avaliadores fizeram a soma das notas e chegaram a onze projetos que mereciam continuar na disputa pelos cinco primeiros lugares.
   Sequencialmente, houve uma discussão coletiva sobre as potencialidades e as fragilidades de cada projeto e, com base nisso, os mais completos e ecoantes de resultados visíveis foram sendo selecionados. Em seguida, com vistas à concretização do processo, as coordenadoras de área do Mão Amiga inteiraram-se do conteúdo e compactuaram com as escolhas.
   Vale ressaltar, todavia, que esta edição, diferentemente da de 2013, teve um cabedal enorme de projetos realmente bons, fator que dificultou a eleição de apenas cinco melhores. 
   Diante disso, o 4º lugar foi delegado a duas docentes, pois não se teve como ignorar a potência inteligente do trabalho delas. Já o 3º e 5º lugares tiveram, cada um, dois projetos aprovados, pertencentes a mesma professora, fator que exteriorizou o engajamento dessas educadoras em exaltar mais de uma prática pedagógica.
   Em suma, eis o resultado final:

1) Promovendo a cultura da paz – Professora Ana Maria Sawczuk;
2) Cachinhos Dourados: do livro às regras de convivência - Professora Marli Terezinha Hrenichen;
3) Folclorices/Que delícia de bolo! - Professora Cristiane Pech Lopes Nepomaceno;
4) Projeto Jardim Sustentável - Professora Sabrina Konkel e "É jogando que se aprende" - Professora Janice Geller;
5) Leitura para todos/Leitura Compartilhe essa ideia "Leia para mim" - Professora Cristiane Jung.

  Além desses premiados, a equipe avaliadora também concedeu menção honrosa a mais três projetos: Projeto Dó Ré Mí, professor Marlon Antonio Janiszevski; Aprendendo com Viviana, a rainha do pijama, professora Cristiana Marafon; e Projeto Meio Ambiente, professora Carmem Matilde.
   Findado o processo de escolha, no último dia 20 de outubro de 2014, uma segunda-feira, aconteceu o anúncio e a premiação dos vencedores, realizado em Paulo Frontin. Diante disso, as acadêmicas bolsistas Simone Luiza Kovalczuk e Jaqueline Ticiana Scherer, bem como a professora supervisora do Mão Amiga, Débora Passos Guimarães - que coordenaram a avaliação e dialogaram constantemente com a secretária municipal de educação, professora Michelle Reginna Potuk, a fim de dar um feedback sobre o andamento da seletiva - foram convidadas a rumarem até o evento e apresentarem, ao público presente, os campeões da noite. 
   Dessa forma, as bolsistas, representando o curso de Pedagogia da UNESPAR/UV e o Projeto Mão Amiga, subiram ao palco e detalharam como foi o processo de escolha e os critérios adotadas para tanto, expondo concomitantemente cada projeto/professor merecedor de premiação. De igual modo, frisaram que a qualidade conteudística de todos os projetos foi incrível.
  Em suma, a cerimônia de apresentação foi um sucesso e os professores vencedores ficaram emocionados com a oportunidade de terem o trabalho reconhecido. O Projeto Mão Amiga, por sua vez, ficou encantado com a boa receptividade dos organizadores do evento e sentiu-se realizado por poder contribuir para a efetivação de um momento em que o incentivo à educação e ao trabalho docente esteve em foco.

Texto escrito por Simone Luiza Kovalczuk

Bolsistas do Projeto Mão Amiga junto aos organizadores do evento.
0

Projeto Mão Amiga marca presença no XI Encontro Anual de Produção Científica da UNIUV, o ENAPROC.


    No dia 22 de outubro de 2014, no período noturno e nas dependências da biblioteca da UNIUV, os integrantes do projeto Mão Amiga CAPES/PIBID marcaram uma maciça e visível presença no XI Encontro Anual de Produção Científica da UNIUV, expondo e apresentando uma série de painéis.
   Nesse tocante, os painéis evidenciaram, de um modo geral, algumas das linhas de pesquisa dos trinta bolsistas acadêmicos, das seis supervisoras e das duas coordenadoras de área do Mão Amiga, exteriorizando assim as ações que adquirem corporeidade na dinâmica operacional mão amiguense.
   Em tempo, é válido destacar que uma das coordenadoras de área, professora Dra. Kelen dos Santos Junges, atua também como professora na UNIUV, intercalando essa docência com as aulas ministradas no curso de Pedagogia da UNESPAR/UV e com a coordenação do projeto pibiano.
   Naturalmente, o encontro configurou-se em mais um momento de aprendizagem e de troca de saberes, onde o roxo da camiseta do Mão Amiga fez-se notável.

Texto escrito por Simone Luiza Kovalczuk



0

Feliz Aniversário!



Ana Paula Dias Romanoski 
 23-nov

Débora Passos Guimarães 
 14-nov

Ersoli de Cássia Quirino Grob
 9-nov

Jeniffer Venâncio 
 21-nov
0

As aprendizagens docentes construídas durante atuação como bolsistas do projeto Mão amiga CAPES/PIBID no processo de formação docente inicial do curso de Pedagogia da UNESPAR.




0