Bolsistas do Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID reúnem esforços para a continuidade do PIBID #ficapibid


O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência PIBID, tem um histórico de manifestações para a sua continuidade e se faz presente na UNESPAR/UV desde 2010, firmando parceria com as escolas de Educação Básica. Neste âmbito, os subprojetos vem crescendo na UNESPAR/UV e no presente ano, a instituição conta com dez subprojetos atuantes em todos os cursos de licenciaturas, sendo que o Mão Amiga é o subprojeto do curso de Pedagogia, coordenado pelas professoras Ms. Rosana Beatriz Ansai e Kelen dos Santos Junges.
Ressalta-se ainda, que o PIBID é um Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência a nível nacional e que atua em mais de 200 universidades em tudo o país. Neste tocante, a continuidade do PIBID tem um histórico de luta para a sua permanência, pois em vários momentos esteve na mira dos governantes em virtude de cortes orçamentários, sem considerar a sua relevância para a formação docente inicial e continuada, na busca da educação de qualidade.
Esse ano não é diferente, o governo vem com uma nova proposta de corte que seria a “Residência Pedagógica”, a qual exclui dos subprojetos a participação de acadêmicos do 1º e 2º anos das licenciaturas, oferecendo vagas apenas para os acadêmicos dos 3º e 4º anos, limitando assim a oportunidade que os alunos iniciantes tem para se identificar com a profissão e conhecer a realidade das escolas.
Contudo os subprojetos da UNESPAR/UV e o Mão Amiga CAPES/PIBID reuniram esforços para a luta da continuidade do PIBID sem cortes e sem interrupção, utilizando principalmente a #FICAPIBID nas redes sociais.
Entre as ações realizadas, nos dias 8, 9 e 10 de novembro do presente ano, ocorreu no campus de União da Vitória o III Seminário & V Encontro PIBID UNESPAR, onde foram apresentados para a sociedade os impactos do PIBID através de trabalhos, pesquisas, oficinas e palestras. Também foram entregues para as autoridades e para a coordenação institucional do PIBID cartas dos alunos participantes dos subprojetos, cartas da gestão das escolas parceiras do Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID e principalmente abaixo-assinados, com assinaturas coletadas por todos os bolsistas do PIBID, que serão encaminhados para Brasília, a fim de reivindicar pela continuidade do programa.
Também como forma de manifestação, a coordenadora institucional do PIBID Professora Marcia Marlene Stentzler, fez uma fala na Câmara Municipal dos vereadores de União da Vitória e Porto União, nos dias 13 e 14 de novembro, explicando e defendendo o PIBID, solicitando o apoio dos vereadores para que intercedam junto aos deputados para a permanência do programa, bem como dos subprojetos, pois a Educação precisa ser valorizada e mais um corte de grande porte irá impactar a formação acadêmica, as escolas de Educação Básica e as Universidades. #FICAPIBIDSEMCORTESESEMINTERRUPÇÕES
#SOMOSTODOSMÃOAMIGA
 Texto escrito pela acadêmica bolsista Gisele Ietka Ribeiro


Bolsistas do Subprojeto Mão Amiga em reunião na Câmara de Vereadores

Equipe Mão Amiga 2017 participando do Evento Institucional do PIBID

Participação da coordenadora institucional do PIBID, Márcia Stentzler, em reunião na Câmara Municipal de Vereadores
0

Sala de apoio: suporte significativo para os alunos com dificuldades de aprendizagem


A bolsista Agnes Isabela Leão Ferreira, durante o ano de 2017 vem atuando com atividades diferenciadas das demais bolsistas do Projeto, uma vez que realiza um trabalho docente na sala de apoio, a qual atende alunos do 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental da Escola Municipal Coronel David Carneiro.
O trabalho realizado pela bolsista consiste em prestar auxílio aos alunos que não frequentam o Projeto em contraturno. Estes alunos participam de atividades específicas planejadas sempre priorizando sanar as dificuldades de aprendizagem de cada um. As turmas são atendidas em grupos de três a quatro alunos com tempo total de duas horas por semana, durante o atendimento a bolsista realiza atividades que auxiliam as dificuldades envolvendo: leitura, escrita, cálculos matemáticos, expressividade e oralidade dos alunos com estratégias lúdicas.
Este contato com diversas etapas da atuação do professor nos anos iniciais possibilita cada dia mais a consolidação da identidade docente da acadêmica que está concluindo a graduação no Curso de Pedagogia. Cada aluno atendido na sala de apoio obteve grande avanço em sala de aula, segundo relatos das professoras regentes e observação direta realizada pela própria bolsista, estes resultados só são possíveis quando há, antes do planejamento, uma pesquisa realizada buscando por atividades, metodologias e estratégias certeiras a cada dificuldade dos alunos.
A bolsista faz uso de diversos jogos pedagógicos e material concreto para trabalhar com os alunos em seus diferentes níveis. Além de jogos encontrados em pesquisas, confecciona diversos materiais adaptados desenvolvidos especialmente para auxiliar os alunos.

Texto escrito pela bolsista Agnes Isabela Leão Ferreira

Alunos do 5° ano realizando atividade de interpretação textual

Alunos do 3° ano realizando atividade de escrita e leitura de palavras

Alunos do 4° ano realizando atividade para desenvolvimento da motricidade fina

Material confeccionado pela bolsista para auxiliar aluno com disgrafia

Atividade ditado de números, com auxílio de material concreto
0

Bolsistas do projeto Mão Amiga CAPES/PIBID atuantes na Escola Municipal Professor José Moura participam do evento PIBID na UNESPAR


Nos dias 08, 09 e 10 de novembro do presente ano, aconteceu no Campus da Universidade Estadual do Paraná em União da Vitória, o III Seminário & V Encontro PIBID UNESPAR, no qual participaram os acadêmicos bolsistas de todos os cursos dos sete Campis da UNESPAR, sendo: Curitiba, Paranaguá, Paranavaí, Apucarana, Campo Mourão e União da Vitória.
No evento os acadêmicos bolsistas, professores, coordenadores e supervisores se reuniram para discutir e socializar as experiências vivenciadas no projeto PIBID, bem como discutiram e avaliaram a importância do mesmo na formação docente inicial. O evento também contou com oficinas, palestras e apresentações de painéis, na ocasião todos se uniram em prol da continuidade do programa.
Contribuindo na realização do evento, as acadêmicas bolsistas atuantes na Escola Municipal José Moura, juntamente com os alunos do projeto confeccionaram uma parte dos crachás que foram distribuídos no encontro. Além disso, o subprojeto Mão Amiga colaborou no credenciamento, bem como participando das oficinas e apresentação de banners, referentes à pesquisas desenvolvidas durante este ano.

A participação no evento para nós bolsistas, foi uma experiência ímpar, maravilhosa e que contribuiu para nosso crescimento intelectual, para a formação docente e dividir e aprimorar nossos conhecimentos.

Texto escrito pelas bolsistas Mirian de Lima e Carla Cozzer

Crachás produzidos com o apoio dos alunos do Projeto Mão Amiga

Equipe de bolsistas que realizaram o credenciamento, juntamente com as coordenadoras

Equipe de bolsistas que realizaram o credenciamento, juntamente com as coordenadoras

Equipe de bolsistas acadêmicas da Escola Municipal Professor José Moura
2

Equipe de bolsistas do Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID realizam atividades do dia da criança na escola parceira Guia Lopes


Em comemoração ao Dia das Crianças, as bolsistas atuantes na Escola Municipal Guia Lopes realizaram várias atividades recreativas e decorativas para festejar este dia tão especial para as crianças.
No início de outubro as bolsistas decoraram as portas da escola e cada sala ganhou um enfeite diferenciado, deixando o ambiente mais agradável e alegre.
Além disso, confeccionaram um painel com tema de Primavera, onde foi tirado foto de cada criança para ser entregue na lembrancinha que também foi produzida pelas bolsistas do Projeto Mão Amiga.
Na semana da criança que ocorreu nos dias 09, 10 e 11 de outubro, as bolsistas ficaram encarregadas de realizar a gincana com diversos jogos, brincadeiras e pintura facial entre as turmas do 3.º, 4.º e 5.º anos. As crianças adoraram e ficaram entusiasmadas com os mimos recebidos por todos da escola e do Projeto. Foi um dia marcante para a vida dessas crianças e para as bolsistas que mais uma vez trabalharam com muito carinho, responsabilidade e dedicação.

Texto escrito pelas bolsistas Adrielle Caroline Krinski e Suelin Maria Ferreira

Frente e verso das lembrancinhas

Gincana

Painel para fotos

Pintura Facial

Porta do 3º ano enfeitada
0

Bolsistas atuantes no projeto Mão Amiga da Escola David Carneiro desenvolvem contação de história incentivando a afetividade


Durante o mês de outubro as bolsistas do Projeto Mão Amiga fomentado pela CAPES/PIBID e ofertado pelo curso de Pedagogia da UNESPAR – Campus União da Vitória, atuantes na Escola Municipal David Carneiro tiveram como proposta desenvolver planos de aulas voltados às dificuldades e potencialidades dos educandos inseridos no referido projeto incentivando a afetividade.
Neste sentido, construímos um plano de aula referente ao valor da amizade, através da história: “O pequeno Príncipe”, a atividade teve como objetivo relacionar a história contada aos laços de amizade que construímos nos ambientes que estamos inseridos, levando o educando a respeitar, amar, e ter um relacionamento amigável. O resultado foi gratificante, os alunos além de aprimorar os laços de convivência, demostraram interesse por novas histórias com este tema.

                                                          Texto escrito pela bolsista Inês Topolski



0

Comemorar o dia das crianças de forma lúdica e divertida? É na Escola Municipal Padre João Piamarta!


Na terça-feira, no dia 10 de outubro de 2017, as bolsistas acadêmicas da Escola Municipal Padre João Piamarta participaram das atividades de comemorações pela passagem do Dia das Crianças. A Professora Aline conseguiu uma doação dos hambúrgueres do Programa SESC e assim,foi possível oferecer  às crianças um lanche diferenciado, (X-Salada).
 Outra atividade, foi a apresentação teatral “Rapunzel com Piolhos”, pelas bolsistas acadêmicas da escola, a professora  auxiliar do 4º ano Ana Laís Montipó, a Professora de Ciências Andrea da Silva Bueno e dois alunos da própria escola, que se disponibilizaram em participar. Concentrando assim, todas as crianças dos dois turnos para assistirem ao espetáculo, que pretendia propor o tema Higiene Pessoal,  o qual é bastante discutido em sala de aula  de uma forma dinâmica e atrativa.
Através dessa comemoração as crianças puderam participar de atividades diferenciadas e proveitosas e as bolsistas acadêmicas vivenciando momentos afetivos com as crianças.  

Texto escrito pela Equipe da escola
Bolsista distribuindo lanche para crianças

Apresentação do teatro com bolsistas, professoras e alunos

Bolsistas e professoras
2