Acadêmicos bolsistas do Subprojeto Mão Amiga CAPES/PIBID, prestam apoio na organização da celebração de Páscoa na Escola Municipal Melvin Jones


Durante as primeiras semanas do mês de Abril, os acadêmicos bolsistas Cleide Adriana Carvalho Gruber, Jéssica Aparecida Damas da Silveira, Letícia de Fátima Lachowski, Ricardo Rocha e Suzelene de Fátima Xavier Jaretz, elaboraram seus planejamentos a partir da temática Páscoa, orientados pela professora supervisora Amanda Grob. As atividades foram direcionadas às explicações e vivências referentes aos significados da Páscoa, utilizando-se de metodologias lúdicas, jogos, brincadeiras, artes e músicas, com o objetivo de desenvolver a aprendizagem a partir de um contexto.
Além das atividades realizadas com o tema, os bolsistas organizaram e ensaiaram um teatro com os alunos participantes do projeto, representando a Ressurreição de Cristo, visto que a atividade planejada e desenvolvida a partir do teatro, busca desenvolver a oralidade, a socialização, a expressão corporal e a segurança ao se posicionar com o todo. A apresentação ocorreu no dia 13 de abril, no período da manhã, durante a celebração da Páscoa organizada pela Equipe Pedagógica da Escola Municipal Melvin Jones.
Nesse contexto, a partir da apresentação teatral foi possível perceber o Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID contempla um tripé de ações, sendo uma mão amiga à escola, auxiliando na formação inicial e continuada da equipe e auxiliando na aprendizagem dos alunos com dificuldade de aprendizagem, os quais demonstraram interesse e alegria ao participarem das atividades.

Texto escrito pela bolsista Letícia de Fátima Lachowski

Ensaio para o teatro de Páscoa

Confecção de cestas para os alunos do projeto

Apresentação do teatro de Páscoa

Apresentação do teatro de Páscoa
0

Início dos Grupos de Orientação a Pesquisa no Projeto Mão Amiga- CAPES/PIBID


O Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID da escola Municipal José Moura reuniu-se no campus da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) no dia 16 de março na sala de projetos para a realização da reunião coletiva, com os bolsistas Ersoli Grob, Juliano Dilkin, Nayara Calisto, Verediane Wollinger juntamente com a Professora Supervisora Eliane Cristina dos Santos e a Coordenadora Professora Ms. Rosana Beatriz Ansai, dando assim início aos trabalhos dos grupos de orientação à pesquisa, as quais serão apresentadas pelos acadêmicos bolsistas no III Seminário e V encontro Institucional do Pibid, que realizar-se-á, nos dias 25, 26 e 27 de outubro de 2017, neste mesmo campus. Na pauta foi orientado aos bolsistas sobre os temas dos artigos e suas pesquisas.  
No decorrer do mês de março também ocorreram algumas alterações no quadro dos acadêmicos bolsistas, por razão de conclusão do Curso e remanejamento para escolas mais próximas de suas casas. Sendo assim, nos despedimos dos pibidianos Juliano Dilkin e Verediane Wollinger com sentimentos de imensa gratidão e desejando sucesso em suas caminhadas. E recebemos de braços abertos as novas acadêmicas bolsistas Emanoeli dos Santos Agostinhak e Bruna Tailessa, que vieram para complementar e fortalecer ainda mais a nossa Equipe!

Texto escrito pela bolsista Ersoli Grob e supervisora Eliane Cristina dos Santos.

Grupo de orientação a pesquisa com a Professora Coordenadora Rosana Beatriz Ansai, na UNESPAR

Grupo de orientação a pesquisa

Confraternização de despedida do formando Juliano Dilkin e boas vindas a nova bolsista, Emanoeli Agostinhak

Alunos se despedindo da bolsista Verediane Wolinger que foi remanejada para outra equipe e dando boas vindas a nova bolsista Bruna Tailessa Pinheiro
0

Equipe de Bolsistas da Escola Padre João Piamarta realiza grupo de estudos


No dia 17 de março de 2017 iniciou o grupo de estudos voltado para pesquisas relacionadas aos impactos e resultados da atuação do Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID nas escolas parceiras e no curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Paraná, Campus de União da Vitória.
No dia 22 de março de 2017 foi a vez das bolsistas acadêmicas da Escola Padre João Piamarta, Lais Suzana Kututz Asquidamini, Larissa Silveira da Silva, Letícia Gregório de Amorim e Sonia Gonçalves Thibes da Luz juntamente com a sua supervisora Natalia da Aparecida da Silva e a Coordenadora de subprojeto Ms. Rosana Ansai para a iniciação do grupo de estudos, na oportunidade foram repassadas informações e orientações acerca do trabalho e posteriormente, a divisão de temas de pesquisa para a equipe.
Essas pesquisas serão utilizadas para o Evento do PIBID da UNESPAR, a ser realizado no Campus de União da Vitória, com data prevista para o mês de outubro de 2017.
Corroborando com os objetivos da realização de tais atividades no Projeto Mão Amiga, citamos ANSAI e JUNGES (2016, p. 26) que salientam: 

Entendemos projeto de pesquisa como sendo um conjunto de elementos técnicos e metodológicos que conduzem o pesquisador ao êxito no planejamento de sua pesquisa. E ao efetivá-lo, a partir de seqüência sistematizada de seus estudos, poderá produzir conhecimentos que podem ser partilhados e difundidos na comunidade científica da área de abrangência do campo temático.

Dessa maneira, podemos observar a importância do ser pesquisador durante o curso da graduação, bem como a difusão das práticas e resultados alcançados por meio das ações mãoamiguenses.

REFERÊNCIA-
ANSAI, Rosana Beatriz; JUNGES,Kelen dos Santos. A construção do projeto de pesquisa como processo científico de “carpintaria” intelectual: um roteiro de estudos. In: SILVA, Eliane Paganini da; SILVA, Sandra Salete de Camargo. Metodologia da pesquisa científica em educação: dos desafios emergentes a resultados iminentes. Curitiba: Íthala, 2016. p. 25-41.

Texto escrito pelas bolsistas Larissa Silveira da Silva e Letícia Gregório de Amorim.

Equipe em Pesquisas
Equipe em Estudos
0

Bolsistas da Escola David Carneiro organizam-se para iniciar o ano letivo com os alunos participantes do Subprojeto Mão Amiga CAPES/PIBID


A equipe do Subprojeto Mão Amiga atuante na Escola Municipal Coronel David Carneiro, composta pelas acadêmicas bolsistas Agnes Isabela Leão Ferreira, Dulcimara Tomki de Lima, Letícia Mariane Ferreira, Nerli Baze e Paula Fernanda Teixeira Martins sob a supervisão da professora Aline Nataly Wolf, iniciou suas atividades na escola no decorrer deste mês, o foco inicial foi o planejamento, em seguida confecção de materiais, tendo como objetivo receber os alunos com muito carinho, cativando-os para que participem ativamente do Projeto de maneira divertida e prazerosa, através da utilização destes materiais pedagógicos.
No decorrer destes encontros para planejamentos, notou-se que o esforço coletivo da equipe pauta-se na interação, no respeito e envolvimento das bolsistas na realização do seu trabalho no âmbito do Projeto. Um ponto a ressaltar são as reflexões realizadas durante os momentos de trabalho coletivo, as quais auxiliam no crescimento cognitivo e profissional de cada bolsista, estas reflexões tornam-se uma ferramenta de extrema importância durante a formação docente inicial. Sobre este ponto busca-se respaldo em Nóvoa (2009, p.41) ao discorrer que:

A formação deve contribuir para criar nos futuros professores hábitos de reflexão e de auto-reflexão que são essenciais numa profissão que não se esgota em matrizes científicas ou mesmo pedagógicas, e que se define, inevitavelmente, a partir de referências pessoais.

Sobre o exposto, pode-se entender que a formação profissional requer do aprendiz uma postura reflexiva sobre o trabalho que está aplicando, uma vez que as referências do profissional são alicerçadas durante sua formação em contato com o ambiente de trabalho e com a interação que o mesmo possuí com a equipe onde está inserido. Desta forma, a equipe envolvida neste processo busca desenvolver uma prática reflexiva procurando sempre por caminhos que levam ao êxito da prática pedagógica dentro da escola em que atuam.

Referencias bibliográficas
NÓVOA, Antônio. Professores Imagens do Futuro Presente. Lisboa: Tipografia: Relgráfica artes gráficas Lda., Benedita, 2009. 96 p.
 Texto escrito pela acadêmica Agnes Isabela Leão Ferreira

Equipe de bolsistas atuantes na Escola Municipal Cel. David Carneiro

Encontro com a supervisora responsável pela equipe

Bolsistas durante planejamento e confecção de materiais

Bolsista Nerli mostrando jogo confeccionado

Cadernos confeccionados para os alunos que serão atendidos pelas bolsistas
2

Bolsistas do Subprojeto Mão Amiga CAPES/PIBID, atuantes na Escola Guia Lopes realizam totem do nome com as crianças do projeto


No mês de março, uma das temáticas aplicadas foi promover a socialização e integração das bolsistas com os alunos do Projeto. Pensando nisso, as acadêmicas bolsistas Adrielle Caroline Krinski e Salete de Moura Pereira realizaram a atividade do Totem do nome.
Após trabalhar os gostos, preferências e identidade das crianças, as bolsistas pediram para cada aluno escrever seu nome com letra cursiva em uma folha em branco, dobrar a folha no meio do nome, recortar em volta do nome e abrir. Cabe ressaltar que as crianças que, ainda, não escrevem seu nome com letra cursiva o fizeram em cima dos pontilhados.
Ao abrir a folha as crianças ficaram encantadas com o resultado, pois cada nome obteve uma forma diferente. Em seguida, elas ilustraram a imagem formada, colocando olhos, cabelos, bocas...
A segunda parte da atividade foi dar um nome ao totem e criar uma história, envolvendo o local em que seu personagem mora, o que gosta de fazer e o que não gosta de fazer (lembrando que toda história tem início, o desenvolvimento e um final).
As crianças que apresentam dificuldade de aprendizagem, geralmente, não gostam de produzir textos, muitos não têm vontade, falta estímulo, porém desta vez, elas se empolgaram e criaram histórias muito criativas com personagens que viviam em outros planetas, comiam alimentos saudáveis e adoravam jogar futebol.
Após as correções, os alunos leram para seus colegas e confeccionaram um painel com os totens e suas histórias, todos participaram com muito entusiasmo e orgulho de sua produção.
Com isso, percebemos que atingimos nosso objetivo e iniciamos um grande passo para a motivação e o gosto por ler e escrever.


Texto escrito pelas bolsistas Salete de Moura Pereira e Débora Passos Guimarães. 

Acadêmica bolsista e alunos do projeto com seus Totens

Painel exposto com os Totens

Totem criado por aluno do Projeto


Totem criado por aluna do Projeto
0

PROJETO PIBID MÃO AMIGA: Estudos na Escola Jacintho Pasin


No mês de fevereiro na Escola Padre Jacintho Pasin, o Projeto PIBID Mão Amiga, retomou as atividades contando com a contribuição das acadêmicas bolsistas Angelita Santiago, Luana Cassol, Jeanini Kaspczak, Regiane Telles e Suelin Ferreira, sob a supervisão da Professora Rosicler Alcantara.
Foram discutidos o Caderno Pedagógico: Uma mão amiga nas dificuldades de aprendizagem, bem como os fichamentos realizados pelas acadêmicas, este foi um momento de estudo e dedicação com troca de ideias entre as acadêmicas visando a elaboração do planejamento das atividades que serão realizadas ao longo do ano na Escola Jacintho Pasin.
As discussões se fizeram em torno das dificuldades de aprendizagem, quando nos deparamos com nossos alunos e percebemos suas fragilidades, e como nos evidencia o Caderno Pedagógico: “As dificuldades de aprendizagem podem surgir em diferentes áreas como, insuficiência de percepção ou controle corporal, dificuldades de equilíbrio, coordenação, de movimento, lectoescrita, lógico matemática e motora.”
Assim sendo nossa energia está voltada para a elaboração e para a construção de atividades e materiais que possibilitem nossos alunos a avançar na aprendizagem considerando suas dificuldades, e tendo como base o ano anterior do Projeto Mão Amiga CAPES/PIBID o progresso dos alunos foi satisfatório e significativo.


Referencia:

ANSAI, Rosana Beatriz (org.) Caderno Pedagógico: Uma mão amiga nas dificuldades de aprendizagem. União da Vitória – Paraná. FAFIUV: PIBID-CAPES: PNLD 2012.

Texto escrito pela Professora Supervisora Rosicler Alcantara

Equipe Mão Amiga 2017

Materiais de Estudos
0