FELIZ ANO NOVO!



Mensagem dedicada especialmente às nossas queridas bolsistas. Muito obrigada pelo ano de sucesso!

0

FELIZ ANO NOVO!


0

FELIZ NATAL




0

FELIZ ANIVERSÁRIO!


Letícia Mariane Ferreira - 03/12
Luana Plácido Waismann - 03/12
Janaíne Gonçalves - 13/12
Tatiana de Lima - 13/12
Mirian de Lima - 24/12
Juliano Dilkin - 31/12
0

Bolsistas do Projeto Mão Amiga da Escola Municipal Vitória Fernandes desenvolvem atividades relacionadas ao gênero receita


Na manhã de segunda-feira, 19 de outubro de 2015, as acadêmicas bolsistas Caroline Reck, Dulcimara Tomki, Schayanne Valório, Denise Delonzek e Mirian de Lima, atuantes na Escola Municipal Vitória Fernandes, desenvolveram a atividade sobre o gênero textual receita, visando estimular a leitura e a socialização entre as crianças.

Os diversificados suportes em que os gêneros se encontram e nos quais circulam em contexto de uso não apenas comunicativo mas, principalmente enunciativo, levam professores ao entendimento e à construção de novas perspectivas de letramento que, se realizada de forma lúdica e planejada, levam as crianças a compreenderem melhor os aspectos enunciativos da linguagem e sua função social. (CARDOSO, 2009, p.7)

Considerando então, a importância de trabalhar os gêneros textuais em sala de aula, o valor da prática para o desenvolvimento da aprendizagem dos pequenos educandos e com a finalidade de propor uma aula diferenciada, a partir da Leitura do livro “Rita Sapeca Cozinha’, foi realizada a confecção de panquecas, tema principal do livro em referência. Nesta atividade, as acadêmicas bolsistas, levaram para a sala de aula, as massas já prontas e os alunos prepararam o recheio, utilizando frutas e leite condensado.
Foi uma atividade muito significativa, tanto para as professoras bolsistas bem como para os alunos, pois, tem-se ciência da relevância de atividades concretas no processo de aprendizagem. Nota-se que o gênero textual receita, traz consigo o forte apelo cultural e apresenta uma estrutura menos complexa que os demais gêneros, facilitando a interpretação dos alunos que ainda estão em fase de alfabetização.

Texto escrito pela bolsista Caroline Reck

Referências:
CORDEIRO, Glaís Sales. Ensino da linguagem oral na educação infantil: o lugar dos gêneros textuais formais. Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais, 5, 2009, Caxias do Sul. Anais: Caxias do Sul.


Alunos experimentando as panquecas
Alunos com a bolsista acadêmica Caroline Reck

0

A intervenção do lúdico no processo ensino/aprendizagem


No mês de outubro, do corrente ano, a equipe de bolsistas acadêmicas do Projeto Mão Amiga, do curso de Pedagogia da UNESPAR campus União da Vitória, atuantes na Escola Municipal Clementina Lona Costa realizaram com os alunos do 2º, 3º, 4º e 5º ano a atividade lúdica ESTOURANDO BALÕES com o objetivo de trabalhar o raciocínio lógico, exercitar o cálculo mental, desenvolver a linguagem oral e estimular atitudes de interação; dificuldades estas encontradas nos alunos atendidos pelo Projeto Mão Amiga. Para realizar essa atividade, providenciamos balões e dentro de cada balão colocamos um papelzinho com uma operação (adição, subtração, multiplicação ou divisão) escrita. A atividade desenvolveu-se no pátio da escola, onde os alunos estouravam os balões com um alfinete e pegavam o papel para resolver a operação no caderno. Quem terminava primeiro era o vencedor.
Sabe-se que o lúdico quando utilizado de forma objetiva e coerente, torna-se uma ferramenta importantíssima nas mãos dos educadores, uma vez que auxiliam no desenvolvimento do raciocínio, da concentração e da imaginação. Nesse sentido Antunes (2006, p.31) afirma que “a brincadeira bem conduzida estimula a memória, exalta sensações emocionais, desenvolve a linguagem interior – e a exterior, exercita níveis diferentes de atenção e explora com extrema criatividade, diversos estados de motivação”. Sendo assim, observa-se que a ludicidade é uma pratica proveitosa e valiosa, pois além de atender as dificuldades das crianças proporciona momentos de descontração, diversão e entrosamento entre professores e alunos.

Texto escrito pelas bolsistas: Danielly Emilia Stachera, Leticia Schneider e Kellen Dias Gonçalves.

REFERÊNCIA:
ANTUNES, Celso. Educação Infantil: Prioridade Imprescindível. Petrópolis: VOZES, 2006.
Desenvolvimento da atividade "Estourando Balões"
Desenvolvimento da atividade "Estourando Balões"
Desenvolvimento da atividade "Estourando Balões"
0